vendredi 28 février 2014

Escrituras criticas de Walter Zanini, uma publicação de Cristina Freire


                                                   Resenha_Zanini

Walter Zanini: escrituras críticas | Cristina Freire (org.) | Anablume / MAC USP / FAPESP, 


Um observador intelectual muito atento da vanguarda internacional

Cristina Freire, profesora e curadora do Museu de arte contemporanea da Universidade de Sao Paolo (MAC/USP) reúniu os textos mais importantes - umos ja publicados e outros ineditos - de uma pesoa muito excepcional da historia da arte dos anos 1970-90 no Brasil.  Ela propria é herdeira da visao, da integridade intelectua, da reflexao profunda e aberta sobre a atualidade artistica, da pesquisa intensa y do compromisso pedagogico, do humanismo sensivel e da energia do seu maestro Walter Zanini falecido em janeiro de 2013. Este livro nao é somento um homenagem a Wqlter Zanini, mas tambem estava indispensavel para testemunhar duma epoca chave . Eu conheceu bem Walter Zanini desde os anos 1970 em Paris e em Sao Paolo depois. Foi historiador, critico de arte e o fundador diretor do novo Museu de Arte Contemporanea da Universidade de Sao Paolo. Tambem foi promover do acervo internacional da arte no museu, sim esquecer sua  curadora da Bienal de Sao Paolo em 1981 e 1983. Zanini invitou-me na Bienal de 1981. Usou da oportunidade para fazer mea performance da sinalizaçao imaginaria nas ruas de Sao Paolo sobre o tema da libertade e da consolaçao, du paraiso e da realidade, etc. Em 1975 ja invitava-me para presentar a exposiçao da Arte e Comunicaçao marginal ( los carimbos de artistas) e ajudou-me para ter a posibilidade de fazer mea performance da Farmacia Fischer & Cia realizada na Praça da Republica em Sao Paolo. Os dois eventos foram inesqueciveles para mi por el encontro  com as pessoas das ruas e a dificuldade por causa da dictadura.
Walter Zanini foi a pesoa de muita ansiedade e humilde paradoxal, um intelectual atento a ouvir e compreender outras pesoas, as artistas, os estudantes, assim como os colegas, e esta atitude reflete-se nos textos de este ensaio quem estevo corrigindo até o fim da sua vida se puder.
Ha de agradecer este trabalho e esta publicaçao a Cristina Freire, muita atenta a reconhecer e difundir o pensamento de Walter Zanini. Elle fica exemplar.


Aucun commentaire:

Enregistrer un commentaire